9. Reações químicas: equação química e balanceamento, cálculos estequiométricos; energia envolvida.

9. Reações químicas: equação química e balanceamento, cálculos estequiométricos; energia envolvida. 

22: 50    13.07 e aqui estamos nós novamente acredito que desde que comecei o blogger esta é a terceira vez que pensei que não ia conseguir postar, porém contra todo o esperado aqui estamos nós que a nossa postagem diária que falará sobre reações químicas.. bem acho que é isso, não estou lá grande coisas com introduções hoje (:'



Sabe quando temos tudo em nossas mãos e falta pouco para organiza-los? bem agora estamos assim.
Pensemos o seguinte: sabemos o que são elementos químicos, sabemos que eles fazem ligações químicas pela necessidade de estabilizar-se, agora o que iremos fazer é descrever como funciona elas ligações e qual o resultado delas. 

Existe um postulado que diz mais ou menos isso: Na natureza nada se perde, tudo se transforma. (depois ditarei arrumadinho e com referências) . O que é agora nosso ponto inicial, pois uma equação tem duas partes basicamente.

Reagente e produtos, 

Porém diferente do que alguns muitos pensam eles não aparecem do nada, a partir do que escrevi acima, eles somente se transformam, se ligam de forma diferente porém a massa é a mesma, pois ele não apareceu do nada, vou começar a ser mais técnico para que possamos compreender melhor, Ok?! Divirtam-se.

Aqui em baixo, observem:
H+ O2 ® H2O

O  H+ Om é o reagente de nossa reação , assim como o  H2O produto de nossa reação.




  • REAGENTE:  Um reagente químico ou reativo químico é uma espécie química usada numa reação química. Implica geralmente numa substância química que é adicionado com a finalidade de provocar um fenômeno químico. (1° termo)
  • PRODUTO: Um produto é uma substânicia  que forma-se como o resultado de reações químicas. (2° termo)

Agora voltemos as minhas afirmações iniciais dessa postagem, teve um químico francês chamado o Lavoisier que elaborou uma lei denominada "Lei da conservação da massa", que pode ser resumida em uma frase muito famosa:





"Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma."


Continuando com nossas denominações iniciais, uma reação química será:



Reação Química é um fenômeno onde os átomos permanecem intactos. Durante as reações, as moléculas iniciais são "desmontadas" e os seus átomos são reaproveitados para "montar" novas moléculas.




Para representar a reação química, utiliza-se uma seta apontando para o lado direito, indicando a transformação, como no nosso exemplo.

H+ O2 ® H2O
      Reagentes  Produtos  


Em cima da seta, são utilizados alguns símbolos indicando as condições nas quais a reação deve ocorrer.
∆ - calor
aq – aquoso ( em água)
cat – catalisador
λ – energia luminosa
Em cada substância pode haver os seguintes símbolos:
↑ - desprendimento de gás
↓ - precipitação de um sólido
Nas equações químicas, as substâncias podem aparecer com seus estados físicos:
(s) – sólido
(l) – líquido
(g) – gasoso






Para que o balanceamento de reações químicas seja feito de maneira correta, deve-se atentar para os seguintes princípios:
1)     Lei de conservação de massa: Essa lei indica que a soma das massas de todos os reagentes deve ser sempre igual à soma das massas de todos os produtos (princípio de Lavoisier).
2)      Lei das proporções definidas: Os produtos de uma reação são dotados de uma relação proporcional de massa com os reagentes. Assim, se 12g de carbono reagem com 36g de oxigênio para formar 48g de dióxido de carbono, 6g de carbono reagem com 18g de oxigênio para formar 24g de dióxido de carbono.
3)      Proporção atômica: De maneira análoga à lei das proporções definidas, os coeficientes estequiométricos devem satisfazer as atomicidades das moléculas  de ambos os lados da equação. Portanto, são necessárias 3 moléculas de oxigênio (O2) para formar 2 moléculas de ozônio (O3).

Reações: