17. Efeito fotoelétrico. Radiação do corpo negro. O espectro de hidrogênio e o átomo de Bohr. O princípio de incerteza.

17. Efeito fotoelétrico. Radiação do corpo negro. O espectro de hidrogênio e o átomo de Bohr. O princípio de incerteza.




09:13     10.07    Bom dia em alemão Guten Morgen! hoje é um dia importante, terminamos mesmo que basicamente de cumprir o cronograma de no minimo um conteúdo por dia, fizemos todo o conteúdo de física para o ITA (mesmo que ainda não totalmente editado e organizado como vou melhorando aos poucos) e começaremos amanhã a fazer um por dia de química, me comprometi também de as vezes resolver alguma prova .. e comentar sobre ela. Alguma pessoa que possa estar lendo essa introdução ridícula ou desnecessária como preferir deve estar se perguntando por tem bom dia em alemão lá em cima? - eu vós respondo: eu não tenho muito o que fazer (mentira tão grande) e comecei a estudar um pouco de alemão, paremos de falar de coisas banais que hoje é um grande dia e falaremos de coisas REALMENTE MUITOOOO interessantes, preparem-se e alegrem-se, damos inicio.. com efeito fotoelétrico;


Acredito que até pelo fato de ser o último assunto de física abordado aqui pela teoria se entende que é o conteúdo mais complicado por isso deixamos por último, na realidade acho que está organizado dessa maneira por pela minha concepção ser necessário alguns conhecimentos de Química para compreender. O efeito fotoelétrico é basicamente:

A emissão de elétrons por um material, geralmente metálico, quando exposto a uma radiação eletromagnética suficientemente alta.
Na imagem acima podemos analisar isso, incide no material uma radiação eletromagnética, como por exemplo a luz, como os elétrons são mantidos no material (ao redor do núcleo) por uma força de atração é necessária que essa radiação seja maior que a que mantém os elétrons ali, logo existe um desprendimento deles, literalmente eles sendo arrancados da placa.




Para se observar o efeito fotoelétrico , é conveniente utilizar um eletroscópio de folhas. No eletroscópio monta-se uma lâmina de zinco. Se a lâmina estiver carregada positivamente, a sua iluminação, por exemplo com a ajuda de um arco voltaico, não influi na velocidade de descarga do eletroscópio. No entanto, se a lâmina estiver carregada negativamente, o feixe de luz do arco descarrega o eletroscópio com grande rapidez.
O que acontece é que a luz provoca a emissão de elétrons da lâmina, com o eletroscópio de folhas que funciona de forma a verificar a falta ou excesso de elétrons. Quando a lâmina está carregada positivamente, os elétrons que foram retirados são atraídos e voltam para o eletroscópio. Quando está carregada negativamente, ele repele e o eletroscópio se descarrega.



Reações: